Imprensa livre e independente
14 de julho de 2016, 15h38

Xenofobia: Vídeo mostra mulher acusando imigrante de furto

Uma discussão dentro da CPTM, uma mulher branca afirmava que o homem negro havia furtado seu celular. Ela encontrou o aparelho dentro da bolsa.

Em uma discussão dentro da CPTM, uma mulher branca afirmava que o homem negro havia furtado seu celular. Ela encontrou o aparelho dentro da bolsa. Por Redação Um vídeo publicado no Facebook na última terça-feira (12) mostra uma cena que chocou os internautas. Uma mulher branca está dentro de um trem da linha 10 – turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), na capital, aparentemente alterada, quando começa a acusar um homem negro com sotaque estrangeiro de ter furtado seu celular. O homem fica indignado com a denúncia e sugere que eles desçam para investigar. Ela chega a tomar...

Em uma discussão dentro da CPTM, uma mulher branca afirmava que o homem negro havia furtado seu celular. Ela encontrou o aparelho dentro da bolsa.

Por Redação

Um vídeo publicado no Facebook na última terça-feira (12) mostra uma cena que chocou os internautas. Uma mulher branca está dentro de um trem da linha 10 – turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), na capital, aparentemente alterada, quando começa a acusar um homem negro com sotaque estrangeiro de ter furtado seu celular.

O homem fica indignado com a denúncia e sugere que eles desçam para investigar. Ela chega a tomar o celular que está nas mãos do homem, afirmando ser o dela enquanto ele fala “eu quero meu celular porque eu comprei ele na loja”. A mulher chega a abrir no aparelho e examinar o chip.

Segundo a mulher, o suposto furto teria acontecido na estação Santo André. Depois de algum tempo de discussão, ela encontra o celular dentro da bolsa.

Nesse momento ela começa a se desculpar com o homem, mas ele afirma que vai descer e informar aos seguranças sobre a acusação infundada.

Veja também:  Joice Hasselmann toma invertida de Glenn: "Ninguém pode saber se a deputada escreveu as mensagens ou copiou-as"

Ao fim, o jovem que estava filmando acusa a mulher de racismo e afirma que se o homem “fosse branco de olhos azuis” ela não teria feito aquela cena. Ela responde: “Se eu fosse racista, meu marido não era negro”.

Foto de Capa: Reprodução/ Facebook

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum