Imprensa livre e independente
29 de outubro de 2018, 15h54

Youtuber Felipe Neto diz que será oposição ao governo Bolsonaro

"Ele enfrentará uma oposição gigantesca. Eu estarei lá. Espero contar com você”, disse o influenciador

Foto: Reprodução/Facebook
Depois da eleição de Jair Bolsonaro (PSL), que aconteceu no domingo (28), o youtuber Felipe Neto afirmou em suas redes sociais que será oposição ao governo do militar. Em sua conta no Twitter, o influenciador digital disse: “O dia 28/10/2018 entra para a história como um dos mais tristes da história do Brasil. O dia em que a extrema direita voltou ao poder”. “Boa sorte a todos nós. A intolerância e o radicalismo venceram”, afirmou o youtuber. Em seguida, algumas horas depois, ele afirmou: “Quando vocês pensarem que tudo está perdido, lembrem-se: 81 milhões de eleitores não votaram no Bozo,...

Depois da eleição de Jair Bolsonaro (PSL), que aconteceu no domingo (28), o youtuber Felipe Neto afirmou em suas redes sociais que será oposição ao governo do militar. Em sua conta no Twitter, o influenciador digital disse: “O dia 28/10/2018 entra para a história como um dos mais tristes da história do Brasil. O dia em que a extrema direita voltou ao poder”.

“Boa sorte a todos nós. A intolerância e o radicalismo venceram”, afirmou o youtuber. Em seguida, algumas horas depois, ele afirmou: “Quando vocês pensarem que tudo está perdido, lembrem-se: 81 milhões de eleitores não votaram no Bozo, enquanto 57 milhões votaram”.

Em seguida, afirmou: “Ele enfrentará uma oposição gigantesca. Eu estarei lá. Espero contar com você”.

Antes de ser realizado o segundo turno, Felipe já tinha declarado seu voto ao então candidato Fernando Haddad (PT). Mesmo com desavenças com o partido de Haddad, ele disse que era preciso se posicionar.

“Eu estava neutro no segundo turno pelo meu ódio ao PT. Tudo mudou quando Bozo falou, agora, que vai varrer os opositores para fora do País ou para a cadeia. Em 16 anos de PT eu fui roubado, mas nunca ameaçado. Autoritarismo nunca mais! Irei de Haddad sem orgulho algum, mas pela democracia”, disse ele na semana passada.

Veja também:  Bolsonaro diz que Eduardo fritou hambúrguer nos EUA porque como deputado não tinha como bancá-lo

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum