terça-feira, 29 set 2020
Publicidade

Servidores querem flexibilização de horário em dias de jogos da Copa do Mundo Feminina

A Associação Nacional da Carreira de Desenvolvimento de Políticas Sociais, ANDEPS, enviou ofício ao ministro da Economia, Paulo Guedes, solicitando flexibilização do horário de expediente durante os jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2019. O campeonato terá início na França nesta sexta-feira (7).

Assinado pelo presidente da entidade Rubens Bias Pinto, a associação argumenta que esta será a primeira vez na história que o campeonato será transmitido em canal de TV aberta no Brasil.

No documento, a entidade argumenta que a flexibilização fora adotada durante os jogos da Copa do Mundo de Futebol masculino sem prejuízos econômicos ao país. Com isso, eles explicam que a liberação refletiria ainda na “isonomia entre gêneros”, de forma material e simbólica.

A jogadora Marta Silva, eleita seis vezes a melhor do mundo, participará do campeonato.

O blog entrou em contato com o Ministério da Economia, mas até a atualização desta reportagem o órgão não havia se manifestado se o horário do expediente seria ou não alterado.

George Marques
George Marques
Jornalista e Relações Públicas pela Faculdade JK de Brasília. É também especialista em comunicação pública e comunicação política no legislativo, tendo já sido indicado ao Prêmio Comunique-se de Jornalismo Político. Já trabalhou na cobertura de política para o site The Intercept Brasil e Metrópoles. É colunista da Fórum.