Blog do Rovai

25 de julho de 2019, 19h24

Antagonista foi primeiro perfil seguido por suposto hacker após volta ao Twitter

Um perfil que havia seguido apenas 92 antes de interromper suas atividades, do Antagonista em diante, 84 dias após anunciar sua volta, segue 1.431 perfis em 84 dias.

Walter Delgatti Neto, o suposto hacker de Araraquara que dizem ter atacado centenas de celulares de autoridades, ainda tem uma conta no Twitter aberta. Ela ficou inativa durante 8 anos. Delgatti parou de twittar no dia 4 de agosto de 2011 e voltou no dia 27 de maio 2019, poucos dias antes do início da Vaza Jato. O print abaixo comprova isso. Este dado já foi explorado em outra nota deste blogue publicado na tarde de ontem (24/7).

Mas há outra funcionalidade do Twitter que pode ser explorada e permite chegar a novas conclusões. No desktop, a rede organiza as pessoas que você segue (following) por ordem inversa. A partir dos primeiros para os últimos. O ultimo perfil seguido por Delgatti foi o da HBO Brasil. A partir disso, pode-se olhar em que momento ele muda padrão de comportamento como seguidor, indo da primeira pessoa que segue de baixo para cima.

O  site Antagonista iniciou suas atividades no dia 1 de janeiro de 2015, como informa a Wikipedia. E criou o seu perfil no Twitter em novembro de 2014, como a própria rede registra. Antes de seguir o Antagonista, Delgatti havia seguido 94 outros perfis. Todos criados antes de agosto de 2011, a maioria em 2009 e 2010.

Veja também:  Por falta de perícia, mensagens da Vaza Jato ainda não foram utilizadas nas investigações 

Praticamente todos esses perfis com poucos seguidores e pouca atividade no Twitter, diversos do interior de São Paulo e, dos que declaram localidade, 30 da cidade de Araraquara. Delgatti seguia, por exemplo, uma banda, um bar de Araraquara e dois integrantes de bandas pequenas. De perfis conhecidos nacionalmente, até começar a seguir O Antagonista, Delgatti seguia apenas: Neymar (junho/2010); NBA (fev/2009); Lady Gaga (março/2008); InvestBolsa (nov/2008); Goals (jan/2008); Wellington Santos (Publicitário, agosto/2009).

Como o perfil de O Antagonista foi criado em novembro de 2014, no limite Delgati só poderia tê-lo seguido depois dessa data, tendo ficado vários anos sem atividade. Mas como ele voltou à rede no dia 27 de maio de 2019, como o próprio registrou, pela linha do tempo de following, o primeiro perfil que seguiu foi do site conhecido como porta voz extra-oficial da Lava Jato.

Daí em diante, Delgatti só começou a seguir perfis de grande alcance, a maioria verificado, e boa parte de cunho político. O 10º perfil a ser seguido por ele após o do O Antagonista, foi o da deputada federal Tábata Amaral (PDT-SP), que entrou na rede em maio de 2018. Um perfil que havia seguido apenas 92 perfis antes de interromper suas atividades, em 84 dias seguiu 1.431 perfis.

Veja também:  Ministros do STF já tratam como "crimes" revelações feitas pela Vaza Jato

Curiosamente, hoje o colunista Lauro Jardim, de O Globo, diz que a Polícia Federal está investigando que as postagens mais recentes de Delgatti teriam sido realizadas a partir de Brasília e não de Araraquara. Como se ele tivesse operado a conta de lá desde 27 de maio deste ano. Ou como se tivesse entregado suas atividades nesta rede para outra pessoa que tivesse interesse em construir uma nova identidade para Delgatti.

A despeito de seguir jornalistas de diferentes veículos, políticos de vários partidos, o suposto hacker filiado ao DEM se tornou desde o dia 27 de maio um ativista pelo Lula Livre. E passou a retuitar veículos como 247, DCM, Fórum, Carta Capital e The Intercept. Sendo que em Araraquara algumas pessoas contatadas pela Fórum dizem que ele nunca teve ligação com o PT ou com o campo progressista. Muito pelo contrário.

Outra curiosidade, além ter escolhido O Antagonista para seguir logo após a sua volta, numa de suas postagens e sem que isso fizesse muito sentido na sua timeline, o suposto hacker provocou Cláudio Dantas.

Um post bem estranho, para dizer o mínimo. E, registre-se e dê-se o crédito, o primeiro veículo a trazer à tona o perfil no Twitter do suposto hacker de Araraquara foi O Antagonista. E o destaque do site foi para as atividades Lula Livre do investigado. Claro, tudo pode ser apenas coincidência.

Veja também:  CPI da Lava Jato pode desbaratar organização criminosa de Moro e Dallagnol

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags