Blog do Rovai

24 de janeiro de 2017, 18h26

Os fascistas não respeitam sequer a vida e serão excluídos da página da Fórum

Teremos um imenso trabalho para ir excluindo esses fascistas e seus comentários, mas aos poucos vamos tornar nossos espaços de conversa em algo mais saudável.

Se há uma coisa que diferencia os fascistas daqueles que divergem democraticamente é que os primeiros não respeitam nada. Sequer a vida.

Quando o governador Geraldo Alckmin perdeu seu filho mais novo, Thomaz, num acidente aéreo, este blogue fez questão de registrar solidariedade a ele e sua família. E condenar qualquer tipo de manifestação irônica ou vulgar relativa à tragédia.

Fui pro pau com os vagabundos que se diziam de esquerda e fizeram piada com o acontecimento.

Porque quem brinca com a morte do filho de alguém não merece meu respeito.

Hoje, a esposa de Lula, Marisa Letícia, foi internada no Sírio Libanês após ter sofrido um AVC. Ela está na emergência e a situação é grave.

Para a canalha fascista isso não quer dizer nada. Eles querem o pior para Marisa e para qualquer um que não pense como eles.

Uma enxurrada deles veio para caixa de comentários da Fórum vomitar pelos dedos.

Até hoje, permitimos isso na Fórum, porque entendíamos que todos os comentários deveriam ser respeitados. Mas essa nossa crença chegou ao fim.

Teremos um imenso trabalho para ir excluindo esses fascistas e seus comentários, mas aos poucos vamos tornar nossos espaços de conversa em algo mais saudável.

E ao mesmo tempo vamos buscar construir um diálogo mais próximo com nossos leitores.

Eu, pessoalmente, vou tratar de interagir mais. O que me parece cada vez mais necessário até para calibrar  análises.

Fórum é um veículo democrático. E continuará assim. Mas como costuma dizer um tio querido, não deve-se dar milho pra bode.

Aqui no nosso quintal o fascismo não terá mais espaço para divulgar suas cretinices.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum