Fala que eu discuto

Por lelê teles

Fórum Educação
28 de abril de 2020, 15h14

Não é só um xingamento

A associação do negro com o macaco é uma forma cruel de racismo

é comum, em uma ofensa racista, chamar o negro de macaco.

a imagem comumente associada a esse xingamento é a de um chimpanzé.

ah, mas não é racismo, desumanizar e animalizar o outro é uma forma divertida de bullying praticada em quase todas as sociedades.

sim, mas quando dizemos piranha, porco, veado, baleia ou burro, estamos nos dirigindo a um indivíduo.

e esses xingamentos estão associados a um atributo físico ou comportamental que julgamos típicos naquele animal.

no entanto, somente o macaco é um xingamento coletivo, porque é dirigido a todo e qualquer negro ou negra.

lembrando, ainda, que os negros não estão isentos de serem chamados de veados, burros, porcos, baleias ou galinhas.

o que só reforça que o macaco é uma associação genérica.

porém, se o burro é o cabra pouco inteligente, a baleia é a gorda e o porco o que joga lixo no chão, o que seria o macaco?

não há um atributo comportamental direto que associe um homem ou uma mulher negra a um macaco: eles não andam por aí trepados em árvores ou pendurados em galhos presos pelo rabo.

tampouco estão a catar piolhos das costas uns dos outros ou a comerem folhas e bananas a torto e a direito.

seria, por acaso, o atributo físico?

vejamos:

o chimp tem pelos por todo o corpo; típicos no homem branco, menos comum no homem negro.

o chimp, quem não o sabe?, tem os lábios finos; típicos no homem branco, raro no homem negro.

e o chimp, veja você, por baixo de toda aquela pelagem, oculta uma pele… clara!

portanto, seu cafajeste, comparar o homem negro com um chimpanzé nada tem de fenotípico ou comportamental.

isso se dá porque o chimp tem 98% de semelhança genética com o ser humano, mas não é um humano.

ou seja, chamar o negro de macaco é apenas uma forma cruel e canalha de dizê-lo quase humano; porém, incivilizado e incivilizável.

palavra da salvação.

Lelê Teles


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum