Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de novembro de 2013, 17h15

A internet e a comunicação política no Brasil

A internet e a comunicação política no Brasil

Por: Valdemir Garreta, em seu blog
07 /10/2013
internet-Brasil-792x600

Após os protestos que tomaram conta do país no mês de junho, as redes sociais passaram a ganhar uma atenção especial enquanto plataforma de comunicação política.

A pesquisa TIC Domicílios e Empresas 2012, publicada anualmente pelo Comitê Gestor da Internet mostra que 40% dos domicílios brasileiros têm acesso à Internet, crescimento de quatro pontos percentuais em relação à 2011. Em números absolutos, essa proporção representa um total de 24,3 milhões de domicílios com acesso à Internet em 2012.
A pesquisa indica, também, alguma diferenças significativas na distribuição do acesso, que devem ser consideradas ao formular uma estratégia de campanha utilizando plataformas online.

As áreas urbanas apresentaram uma proporção de 44% de domicílios com Internet. Já as áreas rurais têm 10% de domicílios com Internet. Há, ainda, grandes desigualdades no acesso à rede se comparamos as regiões Norte (21%) e Nordeste (27%) com as demais regiões do país: Sudeste, 48%; Sul, 47%; Centro-Oeste, 39%. Entretanto, a pesquisa mostra que a região Nordeste apresentou o maior crescimento entre as regiões quando comparado ao ano anterior (27%, em 2012, contra 21%, em 2011).

Um indicador composto empregado para medir o uso da Internet para fins de comunicação, calculado a partir de perguntas sobre sete atividades realizadas nos últimos três meses por usuários de Internet, registrou queda de 92% em 2011 para 89% e 2012. Uma ressalva interessante diz respeito ao uso de redes sociais, que cresceu de 70%, em 2011, para 73% dos usuários de Internet em 2012. O mesmo não ocorre com o envio de mensagens instantâneas e com o envio de e-mail.

A comunicação por meio da internet, especialmente por meio das redes sociais tornou-se uma aposta para melhorar a relação dos governos com a população.

A pesquisa também buscou medir um indicador do uso de uma série de serviços oferecidos por autoridades públicas via Internet, considerando usuários de governo eletrônico os entrevistados que afirmam ter utilizado pelo menos um dos serviços de governo pela Internet no período de 12 meses anteriores à realização da pesquisa e concluiu que 65% dos indivíduos utilizaram serviços de governo eletrônico nos últimos 12 meses. Entre os usuários de internet que mais utilizam o governo eletrônico estão pessoas entre 25 e 34 anos (71%) e com maior grau de escolaridade – 85% dos usuários tem Ensino Superior, em comparação com 61% que cursaram até o Ensino Médio e 45% entre os que cursaram até o Ensino Fundamental.

A televisão entretanto, ainda se mantém como o equipamento mais presente nos domicílios brasileiros (98%). Na sequência, estão telefone celular (88%) e rádio (79%).


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum