Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
06 de setembro de 2010, 00h55

Manchete da Folha de Domingo: #piadapronta para os twitteiros

A Folha, aquele jornal que afirma que o Brasil não viveu uma ditadura, mas uma ditabranda e que adora publicar fichas falsas fez uma matéria na linha Folha com uma manchete com a cara da Folha:

Resultado? Virou piada no twitter, como conta o Vermelho aqui:

Na matéria requentada com o claro propósito de atacar a adversária de Serra, a Folha manipula informações para dar a entender que Dilma teria sido responsável por um prejuízo de R$ 1 bilhão nas despesas do governo com energia por supostamente ter demorado para mudar uma lei criada no último ano do governo Fernando Henrique. A campanha de Dilma respondeu à Folha ( leia aqui ) e mostrou que desde 2003 o Ministério de Minas e Energia agiu em consonância com o TCU para corrigir o problema criado pela gestão tucana de FHC.

No Twitter, a “acusação” da Folha, de tão descabida e parcial, virou motivo de piada veja a hashtag #DilmafactsbyFolha aqui

Acompanhei algumas hashtag no twitter. Faz tempo que não vejo algo tão engraçado, espontâneo e com rápida chegada ao TT não apenas São Paulo e Brasil, mas ao TT Mundial.

Em seis horas a hashtag #DilmaFactsbyFolha chegou ao TT Mundial

#DilmafactsbyFolha no TT Brasil

Hashstag #DilmaFactsbyFolha no TT Mundial

Abaixo segue uma verdadeira aula de Dilma Rousseff  sobre respeito às leis, como resolver presente de grego e  como funciona o respeito à democracia, o diálogo entre Governo Federal  e as prefeitura. Ela termina solicitando que a imprensa aprenda a pesquisar. Os twitteiros reforçam o pedido de Dilma, caso contrário a gente continuará sendo bem mais criativo para inventar manchete para a mídia velha.

A candidata pela coligação Para o Brasil Seguir Mudando, Dilma Rousseff, afirmou hoje que o governo federal não deixou de seguir as recomendações do Tribunal de Contas da União (TCU) e fez cadastramento das famílias carentes no programa de tarifa social de energia de acordo com a legislação vigente.

Segundo a lei aprovada em 2002, durante o governo passado, todas as residências que consumiam até 80 KW/H por mês estariam livres do pagamento da conta de luz. Aquelas que tivessem consumo entre 80 KW/H e 220 KW/H tinham que se enquadrar em outros critérios, mas poderiam ser beneficiadas com a gratuidade.

Dilma explicou que, desde 2003, o governo trabalhou em duas frentes: elaborou um estudo para determinar as melhores regras para manter o programa, o que deu origem a uma nova lei aprovada em 2010, e criou um cadastro nacional de famílias carentes, o mesmo usado para os beneficiários do Bolsa Família.

Matéria publicada hoje no jornal Folha de S. Paulo desconsidera partes dos acórdãos do TCU, que indicam melhora na gestão do benefício, e critica a atuação do Ministério de Minas e Energia na aplicação do benefício a famílias de menor renda.

A candidata disse que considerava a lei inadequada, mas que a cumpriu. “Ao governo, cabe cumprir a lei”, ressaltou.

Receita Federal

Dilma também defendeu que todos os supostos vazamentos de sigilo, ocorridos no âmbito da Receita Federal, sejam investigados até a “última vírgula”. Porém, ela alertou que é preciso cuidado para não arranhar a imagem da instituição, que é “séria” e teve inúmeros bons “serviços prestados à nação”

“Não se pode de forma leviana tratar a Receita como órgão fragilizado. Se as pessoas erraram, foram elas as culpadas. E não a instituição. Tem que ter essa preocupação com a imagem da instituição”, salientou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum