Blog da Maria Frô

ativismo é por aqui

21 de fevereiro de 2012, 13h34

Privacidade: uma palavra em extinção?

Link via @luciouberdan

SORRIA,VOCÊ ESTÁ SENDO INDEXADO
A questão da privacidade nas plataformas ciberculturais de relacionamento e projeção subjetiva
Por Cíntia Dal Bello, ABCiber
Pontifícia Universidade Católica de Universidade Nove de Julho (UNINOVE)

Resumo: Nas redes sociais digitais, a inscrição generalizada de indivíduos ansiosos por expor sua intimidade, em um abandono espontâneo e voluntarioso de pudores e segredos, leva a crer que a privacidade, em sua obsolescência, é um conceito inapropriado para pensar a dinâmica cibercultural de circunscrição subjetiva e relacionamento com o outro.
O discurso corrente, amparado por pesquisadores e profissionais de tecnologia, celebra a evasão de privacidade como característica diferencial da Geração Y e dá margem a novos modelos de publicização de informações pessoais à revelia de autorização prévia.

Neste contexto em que visibilidade, vigilância, identidade e indexação tornam-se indiscerníveis, urge recolocar a questão da privacidade como possibilidade de resistência individual à versão up to date e transpolítica do ideal utópico e teleológico de uma sociedade transparente.

1. Artigo científico apresentado ao eixo temático “Redes sociais, comunidades virtuais e sociabilidade”, do IV Simpósio Nacional da ABCiber.

2. Doutoranda em Comunicação e Semiótica do PEPGCOS, pesquisadora do curso de Comunicação Social

Para ler o artigo acesse:  abciber2010

__________
Publicidade


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum