o colunista

por Cleber Lourenço

Fórum Educação
06 de Maio de 2020, 23h18

Grupo mercenário envolvido na tentativa de golpe na Venezuela esteve no Brasil em 2018

Silvercorp esteve no país durante as eleições presidenciais, destaca o colunista Cleber Lourenço

A Silvercorp, grupo mercenário envolvido na tentativa de sequestro do presidente venezuelano Nicolás Maduro, esteve presente no Brasil durante as eleições, de acordo com a rede Televisión del Sur (TeleSur), com sede na Venezuela.

Segundo uma reportagem exclusiva da Revista Fórum, homens que já trabalharam como guarda-costas do presidente dos EUA, Donald Trump, integravam o grupo de mercenários presos na Venezuela.

Uma reportagem do site Brasil Wire indica que a Silvercorp foi embora do Brasil onze dias depois do primeiro turno das eleições e dez dias antes do segundo turno.

Passagem que foi inclusive comentada no perfil do Twitter offical do grupo. O perfil foi excluído, mas a imagem da postagem foi salva previamente.

Title: Inserindo imagem...

A visita do grupo permanecia até hoje sem explicação. No entanto, após a publicação da reportagem e a repercussão na TeleSur, o governo brasileiro entrou com um pedido para não revelar a gravação da reunião citada no depoimento de Sergio Moro contra Bolsonaro porque foram tratados segredos de Estado, inclusive RELAÇÕES EXTERIORES.

Uma semana antes do golpe na Venezuela, o governo brasileiro tentou expulsar subitamente diplomatas venezuelanos do país.

Bolsonaro ainda disse, em setembro de 2018, durante o programa “Brasil Urgente”, da TV Bandeirantes, que só aceitaria o resultado da eleição se vencesse.

Ainda em 2018, o juiz federal Eduardo Luiz Rocha Cubas, que esteve envolvido em uma tentativa de suspender as eleições de 2018, foi gravado junto com Eduardo Bolsonaro em um vídeo falando sobre o processo eleitoral brasileiro.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum