Idosa usa momento da vacinação contra a Covid para denunciar maus-tratos da filha e do genro

Mulher de 85 anos entregou a uma enfermeira bilhete denunciando viver em condições humilhantes e deploráveis; casal que cuidava da idosa foi detido

Uma idosa de 85 anos aproveitou o contato com uma enfermeira durante sua vacinação contra a Covid-19 para denunciar maus-tratos que estaria sofrendo de sua filha e de seu genro, com quem morava até então.

O caso aconteceu no último domingo (4) na Cidade do México e foi confirmado por autoridades do país norte-americano.

Segundo a Secretaria de Segurança Cidadã da Cidade do México, a idosa, no momento da imunização, entregou à enfermeira um bilhete em que afirmava ser vítima de maus-tratos, sendo mantida presa em casa pela filha e pelo genro e sendo submetida a situações “deploráveis e humilhantes”. Ela ainda pedia para ser “resgatada”.

A profissional de saúde que recebeu o bilhete, então, acionou a polícia, que prendeu a mãe da mulher, de 39 anos, e seu marido, de 59. A idosa, por sua vez, foi encaminhada para um “lugar seguro”, segundo a imprensa local.

O caso será investigado pelo Ministério Público mexicano.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.