Luciano Huck sobre público de seu bar em São Paulo: “uma coisa eu digo, baiano aqui não entra”

A história contada pelo jornalista Myltainho aconteceu na década de 90, mas é sempre boa de lembrar ao analisar candidatos disponíveis

A história é antiga, mas boa de contar, sobretudo se o personagem principal pretende ser candidato à Presidência da República. Ao ser perguntado, em 1994, qual era o público de sua casa noturna, o bar Cabral, no Bairro Jardins, na capital paulista, o apresentador Luciano Huck relacionou alguns figurões da época e fulminou: “uma coisa eu digo, baiano aqui não entra”.

A história foi contada pelo jornalista Mylton Severiano da Silva (Myltainho), na coluna Enfermaria, da saudosa revista Caros Amigos, em um texto intitulado ‘A vingança do baiano’.

Na época, ele havia sido contratado pela agência DPZ para escrever o livro ‘São Paulo de bar em bar’, o que o obrigou a visitar centenas de botecos paulistanos.

A história foi publicada por Myltainho na Revista Caros Amigos (ano XI número 128 novembro 2007, p.11).

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR