Maria Rita desabafa sobre comparações à mãe, Elis: “Não chego aos pés”

Cantora esclareceu, em uma sequência de tuítes, que não imita e nem lembra da mãe quando sobre aos palcos: "Foco na canção"

A cantora Maria Rita desabafou mais uma vez sobre ser constantemente comparada a Elis Regina. Em uma sequência de tuítes, a artista disse que acha “curioso” quando as pessoas a criticam por dizer que não gostaria que a comparassem com a mãe.

Segundo ela, os principais motivos são que ela quis “ser livre para cometer seus erros e suas conquistas”, ou seja, “escrever uma história distinta à da mãe”, e que “ninguém se compara à incomparável”.

Além disso, questionou o fato das pessoas exaltarem Elis a partir de críticas a ela. “Outro lance que eu não entendo é exaltarem a mãe a partir de ataques à filha. mano: faz isso não. é feio. ninguém gostaria de passar por isso – principalmente uma mãe. a não ser que a mãe fosse meio psicopata, que DEFINITIVAMENTE não era o caso de minha mãe”, explicou.

Maria Rita ainda afirmou que sua voz e a da mãe são diferentes tecnicamente, assim como as interpretações. “As dela são e sempre serão infinitamente melhores – do que de quaisquer cantoras. não só euzinha aqui, né?”, elogiou.

A cantora ainda esclareceu que “não imita e nem lembra da mãe” quando sobe aos palcos. “Eu não cresci com youtube. não tinham documentários. então não a imito. quando eu subo num palco, eu SÓ PENSO naquele momento, em SOBREVIVER. foco na canção. não penso nela. e nem em ninguém”, escreveu.

“E pra terminar: não, eu não quero ser igual à minha mãe. eu só quero buscar alguma paz dentro desse cenário onde a elis é de todos mas a mãe é minha. aliviem, vai. já tenho 20 anos de carreira, 8 grammys, sei la quantas turnês pelo país e o mundo. mas se quisesse: MINHA MÃE ERA F***!!! e eu estaria bemmmm no meu direito de me inspirar nessa mulher incrível… meu direito e minha honra. esse legado dela é o maior presente que ela me deixou”, continuou a arista.

Para finalizar, Maria Rita exaltou a história dela e de Elis, e o seu próprio trabalho. “Nossa história, a minha e a dela, é tão mais maneira que isso… ela me amava loucamente, quase pirou quando eu nasci, dizia que eu era a companheira dela… amor de mãe! ps.: e eu acho que eu canto para c*****o!!! mas não chego aos pés de dona elis. Mas e quem chega?”, questionou.

Maria Rita recebe apoio nas redes sociais

Após o desabafo, Maria Rita recebeu solidariedade de outros artistas, jornalistas, influenciadores e fãs em geral. “Eu só consigo ser grato, grato por viver em um mundo onde posso ouvir Elis cantar e grato por um mundo onde posso ouvir Maria Rita cantar. Cada uma do seu jeitinho, mas ambas geniais”, escreveu o influencer Leví Kaique Ferreira.

Publicidade

“Um país que tem Maria Rita e D. Elis, é um país lindo. Nem parece que estamos vivendo um inferno quando ouvimos vc e ouvimos ela. Você é maravilhosa, @MariaRita. Elis também era. Sejamos francos: esse pessoal que fica na comparação tá sem assunto há quase 2 décadas”, complementou um seguidor.

“Os surtados querem cancelar a Maria Rita por ser filha da Elis Regina e portanto falar da própria mãe com sua própria dimensão afetiva. É gente muita abusada nestes sites”, disse outro.

Publicidade

Notícias relacionadas

Avatar de Carolina Fortes

Carolina Fortes

Repórter colaborativa no site Emerge Mag e antiga editora-assistente no site da Jovem Pan. Ex-repórter no site Elástica. Formada em jornalismo e faz a segunda graduação em Letras na Universidade de São Paulo (USP). Acredita no jornalismo como forma de impacto social e defende maior inclusão e representatividade.