Quilombo

por Dennis de Oliveira

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de Maio de 2016, 13h56

Seria cômico se não fosse trágico

Funarte ocupada. Protestos da galera da cultura contra o fim do Ministério da Cultura.

Quatro mulheres convidadas pela leva-e-traz Marta Suplicy recusando o cargo de secretária de Cultura. Uma delas disse que “não trabalha em governo golpista”.

Ministro afirma que vai rever SUS. Diante da repercussão negativa, recua.

O da Fazenda, com toda a pompa de um CEO de grande corporação, propõe recriar a CPMF. Pegou mal pois vai justamente contra o discurso dos golpistas de que o Brasil “não aguenta mais imposto”.

Além disto, a mesma base parlamentar dos golpistas tinha recusado a aprovação da CPMF quando foi proposta pela presidenta Dilma. Apoiar agora deixaria claro o oportunismo.

Recuou. Diz que vai aumentar a CIDE que incide sobre combustíveis.

Falaram em impor idade mínima para aposentadoria. A proposta foi jogada para um grupo de estudos.

Ministro da Justiça diz que o governo não vai, necessariamente, nomear o mais votado da lista tríplice na eleição para o novo procurador geral no ano que vem. A corporação do Ministério Público reagiu. Temer desmentiu.

A base fisiológica da Câmara dos Deputados exigiu nomear o líder do governo na Casa. Temer foi obrigado a ceder.

Ilegalidade: o interino desobedeceu a lei que estabelece mandato de 4 anos para o presidente da Empresa Brasil de Comunicações e quis trocá-lo depois de duas semanas apenas. O rebu está armado na comunicação pública do governo federal.

É por isto que bateram panelas? É esta turma que vai tirar o Brasil da crise?

E a periferia ainda não despertou totalmente.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags