escrevinhador

por Rodrigo Vianna

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
26 de janeiro de 2012, 14h19

Cuidado, tucanos: Serra se remói

FHC, o decano do tucanato, tratou de explicitar, na entrevista à revista inglesa The Economist, a tática para 2014: Aécio para a presidência, que livrará o PSDB do quarto massacre, pois, pela idade e candidatura inédita não fará vergonha; Alckmin para o Governo de São Paulo, para tentar fazer com que o provável naufrágio nas eleições paulistanas deste ano atinja o convés superior.

Por Fernando Brito, no Tijolaço

Já era bem claro, para quem sabe, pelo tal “Brado Retumbante” da Rede Globo, que foi “casualmente” lançado.

Mas FHC, o decano do tucanato, tratou de explicitar, na entrevista à revista inglesa The Economist, que a Folha reproduz.

A tática para 2014 está montada: Aécio para a presidência, que livrará o PSDB do quarto massacre, pois, pela idade e candidatura inédita não fará vergonha; Alckmin para o Governo de São Paulo, para tentar fazer com que o provável naufrágio nas eleições paulistanas deste ano atinja o convés superior.

José Serra é impiedosamente moído pela fraternidade de tamanduá do ex-presidente.

Que, aliás, “prevê” o obvio: “uma briga interna muito forte no PSDB, entre Serra e Aécio”.

Briga na qual, agora, ele assume publicamente o lado de Aécio.

Serra, a esta altura, é pura bile.

Ele atribui a Aécio o inferno astral que enfrenta com as denúncias da “privataria”.

E não admite a ideia de se tornar o “boi de piranha” para que FHC atravesse o rio com Aécio de grumete.

Enquanto ele, inservível como candidato futuro, é destroçado como o grande beneficiário dos negócios da privatização.

Serra não enffrentará isso de forma aberta, polemizando.
Não é da sua natureza o combate, mas a intriga e a perfídia.

Fernando Henrique julga-se Luís XV, cohecido como “o Bem-Amado”, que arruinou a França.

Serra de outra natureza, é o homem (de)formado na penumbra, nas negaças, no jogo palaciano.

Sente que há uma pinça se fechando sobre ele, para removê-lo de cena.

Não lutará como o leão que não é. Mas como a víbora que sempre foi.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum