escrevinhador

por Rodrigo Vianna

Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de julho de 2014, 09h27

Violência de Estado e intimidação de manifestantes devem ser repelidas

Em nota conjunta assinada pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão, pelo secretário de Movimentos Populares, Bruno Elias, e pelo coordenador do Setorial de Direitos Humanos do partido, Rodrigo Mondego, a legenda considera a prisão de ativistas no Rio de Janeiro uma grave violação dos direitos e liberdades democráticas.

Por Geraldo Magela, da APT

Em nota conjunta assinada pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão, pelo secretário de Movimentos Populares, Bruno Elias, e pelo coordenador do Setorial de Direitos Humanos do partido, Rodrigo Mondego, a legenda considera a prisão de ativistas no Rio de Janeiro uma grave violação dos direitos e liberdades democráticas.
No documento, o PT manifesta repúdio à criminalização das manifestações democráticas e defende o diálogo entre o Estado e os movimentos sociais.Leia a íntegra da nota:
Nota sobre as prisões de ativistas no Rio de Janeiro

A prisão de ativistas no Rio de Janeiro, com o suposto propósito de impedir a participação em protestos de rua no último final de semana, é uma grave violação de direitos e das liberdades democráticas. Os direitos de reunião e livre manifestação são conquistas legítimas do povo brasileiro e não vamos transigir em sua defesa.

O PT repudia a criminalização das manifestações e defende a ampliação dos espaços de diálogo e participação popular na relação do Estado com os movimentos sociais.

A violência de Estado e a intimidação de manifestantes devem ser repelidas por todos os que defendemos a democracia e a liberdade de manifestação, motivo pelo qual também reivindicamos a liberdade dos ativistas que ainda se encontram presos.

Rui Falcão, presidente do Partido dos Trabalhadores
Bruno Elias, secretário de Movimentos Populares do PT
Rodrigo Mondego, coordenador do Setorial de Direitos Humanos do PT


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum