Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de janeiro de 2019, 21h01

Após a tragédia, Vale diz que vai acabar com barragens semelhantes às de Mariana e Brumadinho

“Depois que esse desastre aconteceu, não podemos mais conviver com esse tipo de barragem”, declarou Fabio Schvartsman, presidente da empresa

Foto: Reprodução/GloboNews

Fabio Schvartsman, presidente da Vale, informou nesta terça-feira (29), em coletiva, que vai acabar com todas as barragens construídas com método semelhante ao de Mariana e de Brumadinho, que ainda existem no país, sendo que todas ficam em Minas Gerais.

O presidente da Vale se referiu às barragens que utilizam o método de alteamento a montante. As duas que se romperam, em Mariana e Brumadinho, tinham esse tipo de estrutura. Apesar de ser muito comum, é considerado pouco seguro.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“Depois que esse desastre aconteceu, não podemos mais conviver com esse tipo de barragem. Tomamos a decisão, que foi referendada pelo conselho da companhia hoje, de eliminar, acabar com todas as barragens a montante, descomissionando todas elas, com efeito imediato”, declarou.

A decisão é uma forma de acelerar a eliminação dessas estruturas. O processo de descomissionamento deve levar de 1 a três anos.

Produção

Schvartsman afirmou, ainda, que, com a suspensão das atividades das minas que ficam perto das barragens a serem descomissionadas, a Vale deixará de produzir 40 milhões de toneladas de minério de ferro ao ano.

De acordo com Schvartsman, existem laudos de auditorias recentes atestando que todas as estruturas estão em perfeita estabilidade: “Resolvemos não aceitar apenas esses laudos e decidimos agir de outra maneira”, completou.

Com informações do G1

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum