Casal bolsonarista é preso por agredir filho adotivo, que está em estado grave

Conselheira tutelar verificou indícios de tortura do casal contra a criança de oito anos

Cristão e seguidor de Jair Bolsonaro, o casal Sarah Carvalho e Israel Antunes foi preso em flagrante neste domingo (8) por suspeitas de agredir o filho adotivo com “chineladas e palmadas” que fizeram o menino de 8 anos ir parar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Evangélico de Londrina (PR).

A criança foi adotada pelo casal há cerca de dois meses. Os pais resolveram usar das agressões físicas para “corrigir a postura”. O método adotado, que incluiria tortura segundo o Conselho Tutelar, deixou graves lesões,

No Boletim de Ocorrência registrado na delegacia, uma conselheira tutelar foi acionada pelo hospital assim que o menino deu entrada no local. A unidade médica avaliou que as lesões eram típicas de agressões.

Assim que chegou ao local, a conselheira verificou as marcas, notou indícios de tortura, e prontamente acionou a Polícia Militar. O casal foi levado à delegacia e preso em flagrante.

Com informações do A Rede e do Diário do Centro do Mundo

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR