Dois meses após crise energética, Amapá enfrenta novo apagão em 13 municípios

Empresa diz que falha ocorreu em linha de transmissão e que "questão já foi resolvida"

Após cerca de dois meses da grave crise energética que deixou o Amapá sem energia por 21 dias, o estado registrou uma novo apagão por volta das 16h desta quarta-feira (13). Pelo menos 13 dos 16 municípios ficaram sem luz.

Segundo a empresa Linhas de Macapá Transmissora de Energia (LMTE), responsável por administrar a principal subestação do estado, a ocorrência foi registrada na linha de transmissão de Laranjal à Macapá.

A empresa concessionária informa ainda que “disponibilizou as linhas de transmissão instantaneamente (em um minuto)” e que os equipamentos funcionam sem intercorrências.

A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), que é a distribuidora de energia no estado, informou ao G1 que, por volta das 20h, a distribuição já estava normalizada tanto na capital quanto no interior.

O Ministério de Minas e Energia também declarou que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pediu que a LMTE informe as medidas adotadas para solucionar o problema e evitar reincidências.

Trata-se do terceiro apagão registrado no Amapá desde o dia 3 de novembro de 2020. O segundo aconteceu no dia 17 de novembro do ano passado.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR