segunda-feira, 21 set 2020
Publicidade

Família de Boechat vai processar empresa que contratou táxi aéreo

A família do jornalista Ricardo Boechat, âncora do Jornal da Band morto no último dia 11 em um acidente de helicóptero, vai processar o laboratório Libbs, onde ele deu uma palestra horas antes de sua morte.

A informação é do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo. O laboratório foi o responsável pela escolha da empresa de táxi aéreo que transportou Boechat após a palestra. Além do jornalista, o piloto da aeronave, Ronaldo Quatrucci, também morreu.

Segundo Lauro Jardim, os advogados da família de Boechat preparam uma ação milionária contra o laboratório.

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.