quinta-feira, 1 out 2020
Publicidade

“Guru espiritual” é denunciado por estupro e agressões durante terapias em Fortaleza

O Ministério Público do Ceará (MP-CE) investiga uma série de denúncias de estupro, estelionato e agressões praticados durante terapias espirituais pelo estudante de filosofia da Universidade Federal do Ceará (UFC), Pedro Ícaro de Medeiros, em Fortaleza. As denúncias foram veiculadas no programa Fantástico, da TV Globo, neste domingo (19).

Os abusos teriam ocorrido entre 2018 e o ano passado. De acordo com as vítimas, o estudante se apresentava como líder espiritual da Comunidade Afago e dizia que as agressões levariam a um crescimento espiritual e pessoal dos participantes.

Um jovem relatou ao Fantástico que foi obrigado a ter relações sexuais com o guru. “Eu estava chorando, sangrando e eu esperava dele um pouco de humanidade. O que ele fez foi tirar minha blusa e colocar minha blusa na minha boca para que parasse de chorar e ele pudesse continuar”, disse.

“Você era batizado com água no chuveiro da casa dele e se você fosse teimoso ou desobediente, ou qualquer uma dessas características rebeldes, né, era queimado com uma pedra quente atrás da nuca, no pescoço”, contou outro jovem.

O caso é investigado pela Polícia Civil do Ceará, que está recolhendo depoimentos.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.