Fórumcast, o podcast da Fórum
06 de março de 2018, 14h30

Igor Fuser recusa convite do Exército para evento e envia resposta histórica

Em sua negativa, o professor de Relações Internacionais da UFABC citou assassinatos políticos, torturas e outras atrocidades cometidas pelas Forças Armadas durante a ditadura militar. Confira

O professor de Relações Internacionais da Universidade Federal do ABC (UFABC), Igor Fuser, revelou nesta terça-feira (6) que recebeu um convite do Exército Brasileiro para participar de um evento sobre cooperação tecnológica e recursos naturais.

Em sua página do Facebook, Fuser, que é colunista da Fórum, postou a resposta que deu ao Exército, recusando o convite. Em sua negativa, o professor citou atrocidades comedidas pelas Forças Armadas durante a ditadura militar brasileira.

A resposta foi histórica. Confira:

“Recebi agora (certamente pela minha profissão de professor/pesquisador), por email, um convite do Comando Militar do Sudeste a um evento sobre cooperação tecnológica e recursos naturais. Enviei a seguinte resposta:

Agradeço o convite, mas recuso, assim como recuso qualquer cooperação com as Forças Armadas enquanto elas não se desculparem oficialmente pelos assassinatos políticos, torturas, estupros, ameaças, sequestros e outras atrocidades que praticaram durante os 21 anos de ditadura militar”.

Confira também

Igor Fuser dá show: “Nunca vi uma notícia positiva sobe a Venezuela na Globo”


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum