Fórumcast, o podcast da Fórum
27 de dezembro de 2017, 13h08

Livraria Cultura compra Estante Virtual, inciativa inovadora de venda de livros usados

Leitores e consumidores criticam a concentração de mercado, que agora põe fim não somente às pequenas livrarias, mas também ao nicho de venda de livros usados, como é o caso da Estante Virtual 

Por Redação 

A Livraria Cultura, terceira maior do setor no país, anunciou nesta terça-feira (26) que comprou o e-commerce Estante Virtual. O valor do negócio não foi divulgado.

A Estante Virtual funcionava, há dez anos, como um “sebo online”, em que donos de livros colocavam seus produtos novos ou usados à venda. Até a venda para a Livraria Cultura, eram 4 milhões de clientes cadastrados na plataforma, considerada, até então, uma iniciativa inovadora de venda de livros em meio à concentração cada vez mais intensa que vem acabando com os livreiros e as pequenas livrarias.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

Nas redes sociais, leitores e consumidores criticaram.  “A Livraria Cultura ou melhor, o seu pool de investidores, comprou os anos de trabalho do Estante Virtual e dos sebos associados pra estabelecer uma plataforma de vendas na internet. Concentração e monopólio é o nome. O romantismo dos “pequenos” na internet vai minguando. O último ato será o fim da neutralidade na rede”, escreveu um usuário do Facebook. “Concentração do capital até no mercado de livros usados. Absurdo! Tudo está virando monopólio. Onde está o espaço para o tal do empreendedorismo e o livre mercado? Ou é conversa pra boi dormir?”, questionou outro internauta.

A compra da Estante Virtual vem em meio a uma investida de aquisições da Livraria Cultura. Recentemente, a empresa comprou a operação de e-commerce da Cnova, rede que reúne Casas Bahia, Ponto Frio e Extra, e ainda adquiriu a operação brasileira da Fnac, multinacional francesa com 12 lojas em sete Estados.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum