Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de setembro de 2019, 09h46

Luiza Erundina: “Paulo Freire era uma ideia, algo maior do que ele como pessoa”

Em discurso na Comissão de Educação, Erundina, aos 84 anos, lembrou como conheceu o educador, um dos pensadores mais notáveis da pedagogia mundial, que faria 98 anos nesta quinta-feira (19)

Luiza Erundina e Paulo Freire (Arquivo)

Em discurso na Comissão de Educação da Câmara Federal, a deputada Luiza Erundina (PSol-SP) contou que conheceu o educador Paulo Freire quando ele foi convidado para ser patrono e ela paraninfa de uma turma da faculdade de Serviço Social, em São Paulo. Caso estivesse vivo, o educador, que é considerado um dos pensadores mais notáveis da pedagogia no mundo, completaria hoje 98 anos.

INSCREVA-SE para receber conteúdos exclusivos da entrevista do Rovai com o presidente Lula

“A formatura não se deu na universidade, pois convidaram a mim e Paulo Freire e na época éramos considerados subversivos, perigosos”, conta Erundina, dizendo que “Paulo Freire era uma ideia, algo maior do que ele como pessoa humana”.

Segundo Erundina, era esperado que Paulo Freire faria um discurso crítico, ressentido, depois de 16 anos de exílio durante a ditadura. “E a primeira impressão que tivemos dele é que seu discurso era um discurso amoroso. Ele não falou da ditadura, do exílio, do sofrimento com sua família. Ele falou da alegria de voltar para sua terra, seu povo”, lembra Erundina, dizendo que depois daquele momento, eles nunca mais se separaram.

Quando foi eleita prefeita de São Paulo, em 1989, Erundina convidou Paulo Freire para assumir a secretaria de Educação. “Ele me disse: eu pensava que nunca mais seria convidado a um cargo público. Mas se eu negar ser seu secretário de Educação, estarei sendo incoerente com tudo aquilo que defendi, pelo que eu luto”, conta a parlamentar, de 84 anos, que ainda brincou com o fato de ter recebido uma reprimenda do PT, seu partido à época, por ter feito o convite sem consultar a legenda.

“Será que eu preciso consultar o partido para convidar Paulo Freire para ser secretário da Educação. Eu acho que não, né?”, disse, arrancando risos.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum