O que o brasileiro pensa?
16 de julho de 2020, 12h52

Menina de 11 anos consegue prisão de estuprador com bilhete: “mãe, o padrasto mexe comigo”

A mãe da vítima desconfiava da mudança de comportamento da criança e, após receber o recado, se escondeu em casa, flagrando o padrasto no quarto junto com a filha. Veja imagem do bilhete

Uma menina de 11 anos conseguiu fazer com que prendessem seu estuprador, em Praia Grande, litoral de São Paulo, após escrever um bilhete para a mãe relatando que ele ‘mexia’ com ela: “Mãe, o [padrasto] mexe comigo”, avisou a menina.

Imagem do G1 Santos

O agressor, de 36 anos, foi preso em flagrante, nesta quarta-feira (15), no bairro Jardim Trevo, por suspeita de estupro de vulnerável. A mãe da vítima desconfiava da mudança de comportamento da criança e, após receber o recado, se escondeu em casa, flagrando o padrasto no quarto junto com a filha.

O homem ainda tentou negar o crime.

Segundo o delegado assistente da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Praia Grande, Alex Mendonça do Nascimento, a mãe relatou que começou a suspeitar do comportamento da menina há alguns meses e, após ler o que a filha escreveu na noite da última terça-feira (14), decidiu se esconder dentro da própria residência para ver o que acontecia.

A mãe da criança contou à polícia, na manhã desta quarta-feira, ter dito ao marido que iria trabalhar, mas se escondeu em casa. Ela permaneceu escondida, e posteriormente o padrasto colocou a enteada, utilizando a força, dentro de um quarto.

Depois disso, a mãe o flagrou de cueca ao lado da menina, no que parecia ser uma tentativa de estupro. Ela chamou os policiais, que foram até a residência, e o prenderam em flagrante.

A menina passou pelo Instituto Médico Legal (IML), onde foi constatado que ela tem lesões de abusos que aconteceram anteriormente. “Quer dizer que a situação vem ocorrendo há algum tempo”, reitera o delegado.

Com informações do G1


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum