Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
03 de junho de 2019, 16h56

São Paulo: Metrô não irá até Guarulhos como prometeu Doria em campanha

Ampliação da Linha 2 – Verde terá a Estação Penha como ponto final

Dentre as mais de 80 promessas feitas enquanto ainda era candidato ao governo do estado de São Paulo, João Doria (PSDB) garantiu a seus eleitores que o metrô chegaria a até a cidade de Guarulhos, na Região Metropolitana da capital paulista. Porém, o que foi garantido pelo tucano não será cumprido. Na manhã desta terça-feira (3) o governador anunciou que a ampliação de uma das linhas que já existe irá apenas até o bairro da Penha.

A proposta de levar o metrô até o município vizinho vem desde 2014, ainda na gestão Geraldo Alckmin e foi endossada por Doria nas eleições do ano passado. O projeto previa que a Linha 2 – Verde tivesse mais de 14 km e seria integrada a linha 12- Safira e a 13 – Jade da CPTM. Esta última ligaria com o trem que leva até o Aeroporto Internacional de São Paulo.

O governo estadual já tinha contratos firmados para dar início as obras, mas em 2015 os acordos tiveram que ser suspensos por falta de verba. Desapropriações para que o início dos trabalhos de ampliação da linha já tinha começado, mas também tiveram que ser interrompidas. Ainda não há data prevista para a entrega das obras de ampliação, que agora será expandida em apenas 8,3 km.

Por meio de nota o governo de São Paulo anunciou que serão gastos R$ 5,5 bilhões para a conclusão do projeto e que uma possível parceria público-privada pode ocorrer para finalização das obras que preveem a construção de mais oito novas estações de metrô: Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva e Penha.

Essa será mais uma promessa de transporte sob trilhos para a cidade de Guarulhos que fica no meio do caminho. O tão esperado trem que levaria passageiro até o aeroporto da cidade não chega até os terminais. Para acessar a área de embarque e desembarque é necessário pegar um ônibus da estação de trem até lá.

Para completar o percurso que ficou inacabado, João Doria anunciou na semana passada que a construção de um monotrilho que ligará a linha da CPTM até o terminal de passageiros. Segundo o governo do estado, a baldeação será gratuita e o investimento de R$ 175 milhões para a obra virá do GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto. O estado descontará esse valor da outorga concedida a empresa.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum