sexta-feira, 18 set 2020
Publicidade

Ministro do STJ determina internação de João de Deus em hospital de Goiânia

Nefi Cordeiro, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu, nesta quinta-feira (21), que João de Deus deve ser internado em um hospital. De acordo com a determinação, a internação, inicialmente, seria por um período de quatro semanas no Instituto de Neurologia de Goiânia.

A medida atende a uma solicitação da defesa de João, que está preso há mais de três meses e é réu em processos de abuso sexual de várias mulheres que o procuravam para tratamento espiritual.

Alberto Toron, advogado de João, disse que ainda não existe previsão de transferência. No entanto, é possível que ocorra até esta sexta-feira (22). Por intermédio de nota, Toron informou que “em respeito ao senhor João de Deus, a defesa não comentará detalhes da decisão”.

Aneurisma

A solicitação de transferência garante que o médium tem “um aneurisma da aorta abdominal com dissecção e alto risco de ruptura sendo necessário o controle adequado da pressão arterial”.

O documento informa, ainda, que “a unidade prisional em que ele se encontra não dispõe de médicos suficientes para acompanharem todos os presos e que a medicação administrada ao paciente é inapropriada”.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.