Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de novembro de 2019, 09h05

Moradores de Brumadinho bloqueiam linha férrea em protesto contra Vale

Dentre as pautas exigidas no protesto contra a mineradora, estão a continuação da busca pelas vítimas e reunião com o conselho diretor da empresa, para discutir a renovação do auxílio emergencial

Divulgação

Moradores de Brumadinho, em Minas Gerais, que sofreram com o rompimento da barragem de Córrego do Feijão em janeiro deste ano, bloquearam a linha férrea da multinacional Vale na manhã desta terça-feira (19). Dentre as questões exigidas no protestos contra a mineradora, estão a continuação da busca pelas vítimas e reunião com o conselho diretor da empresa, para exigir a renovação do auxílio emergencial.

Conforme relatado na lista de demandas da manifestação, organizada pelo Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), ainda existem 16 vítimas a serem encontradas nos escombros do acidente, e cabe a Vale estudar os procedimentos necessários para continuar a busca mesmo em dias de chuva.

Ainda, os manifestantes exigem uma reunião com o alto escalão da empresa na quinta-feira (21), para discutir a renovação do auxílio emergencial aos atingidos pelo rompimento, assim como a contratação de assessorias técnicas. As assessorias são a garantia, segundo os moradores, de que a empresa de fato se comprometerá com a reparação aos atingidos, assim como aos danos socioambientais e socioeconômicos.

Outra questão levantada pelo texto é a responsabilidade da mineradora pelo pagamento dos gastos com saúde. “Que a Vale pague pelo aumento de custos no SUS em consequência do crime”, diz o texto. O documento ainda denuncia que muitos moradores se encontram em áreas de risco e de enchentes, exigindo da Vale medidas urgentes de proteção.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum