Brasil

Mulher negra que teve pescoço pisado por PM é denunciada por quatro crimes

Ministério Público de SP denunciou vítima de violência policial que teve perna quebrada com um chute e foi arrastada pelo asfalto por supostamente ter cometido delitos durante episódio em que ela foi agredida

Compartilhar

Um caso insólito resultou nesta quarta-feira (20) na denúncia, por parte do Ministério Público de SP, de uma mulher negra que foi agredida por PMs durante uma ocorrência em maio de 2020, em Parelheiros, no extremo sul da capital paulista, na qual ela teve a perna quebrada por um chute, o pescoço pisado e foi arrastada pelo asfalto por um policial que atendia um chamado sobre um bar que funcionava ilegalmente no início da pandemia, violando as determinações sanitárias da época. Tudo foi gravado por moradores vizinhos do comércio.

A mulher, de 51 anos, que não teve a identidade revelada por razões de segurança, virou notícia em todo Brasil após imagens flagrarem a violência brutal a que foi submetida até depois de estar deitada no chão, enquanto outros agentes agrediam os frequentadores do bar e apontavam armas para quem estava no local. Até o governador João Doria (PSDB) se manifestou sobre o ocorrido à época, condenando a atitude dos policiais truculentos.

Tudo ocorreu apenas quatro dias depois do caso de George Floyd, um homem negro norte-americano morto por asfixia após um policial ajoelhar sobre seu pescoço na cidade de Mineápolis, em Minnesota, que revoltou o mundo e gerou graves distúrbios civis em todos os cantos dos EUA.

Agora, um ano e meio após as graves agressões, a promotora Flavia Lias Sgobi, encarregada do caso, ajuizou uma denúncia contra a vítima da violência policial na 2ª Vara Criminal do Foro Regional de Santo Amaro por quatro delitos: infração de medida sanitária preventiva, desacato, resistência e lesão corporal. Os PMs envolvidos na ocorrência respondem apenas na Justiça Militar e pelos crimes de lesão corporal, abuso de autoridade, falsidade ideológica e inobservância de regulamento.

Surpresa e estarrecimento

“Em acompanhamento processual, para minha surpresa e estarrecimento, recebi a notícia de que minha cliente foi denunciada pelos crimes de infração à medida sanitária preventiva, desacato, resistência e lesão corporal em face dos policiais militares que a agrediram, de forma brutal”, afirmou o advogado Felipe Morandini, que defende a mulher negra.

“Mesmo após a notícia ter se espalhado o mundo, e causado revolta em todos, a mesma foi ignorada pelo membro do Ministério Público, que se baseou nas informações do Boletim de Ocorrência. Ignorou as imagens que foram noticiadas, e são de conhecimento público. Trabalharei incansavelmente pela defesa da comerciante, e principalmente, para que esta denúncia seja rejeitada pelo juízo. Não é (e não pode ser) possível que fatos notórios como estes sejam ignorados pelo órgão ministerial no momento de denunciar qualquer um que seja”, indignou-se Morandini.

Este post foi modificado pela última vez em 20 out 2021 - 17:01 17:01

Henrique Rodrigues

Jornalista e professor de Literatura Brasileira.

Por
Henrique Rodrigues

Última hora

  • Política

Vídeo: Lula se reúne com lideranças evangélicas e defende Estado laico

O evento reuniu mais de 800 cristãos evangélicos, das mais variadas denominações e de quase…

27 nov 2021 - 22:04
  • Notícias

Uma esquerda anticientífica e contra o SUS? – Por Julian Rodrigues

Deputados federais do PCdoB, PSB e a grande maioria dos petistas votaram a favor de…

27 nov 2021 - 21:09
  • Esporte

Libertadores: Pé frio, Bolsonaro dá azar ao Flamengo; internautas não perdoam

Bolsonaro, que se dizia palmeirense, afirmou na sexta (26): “Assim como falei em 2019 e…

27 nov 2021 - 20:11
  • Política

João Doria vence prévias e é o candidato do PSDB à presidência da República

O partido, que ajudou no golpe contra Dilma, busca recuperar o prestígio perdido de outros…

27 nov 2021 - 18:57
  • Brasil

Bebê de um ano abandonado em linha férrea é resgatado no interior de SP

Os integrantes da GCM de Sorocaba faziam patrulhamento na região e quando chegaram próximos do…

27 nov 2021 - 17:56
  • Esporte

Libertadores: Flamenguista pede noiva palmeirense em casamento em pleno estádio; vídeo

O pedido foi transmitido no telão do estádio Centenário, em Montevidéu, e após o “sim”…

27 nov 2021 - 17:26