Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de dezembro de 2019, 11h16

Templo de umbanda é incendiado em Planaltina, no Distrito Federal

No cômodo destruído eram guardadas as roupas de santo e tambores usados no local. A Polícia Civil esteve no templo na sexta-feira (27) para investigar as causas do incêndio

Templo Umbandista Cabocla Jurema (Foto: ògan luiz alves/projeto oníbodê - @afroluiz)

O Templo Umbandista Cabocla Jurema (TUCJ), localizado em Planaltina, no Distrito Federal, foi incendiado na noite da quarta-feira (25), feriado de Natal. No cômodo destruído eram guardadas as roupas de santo e tambores usados no local.  Responsáveis pelo templo contam que muitos objetos também foram roubados.

A Polícia Civil chegou ao terreiro na manhã desta sexta-feira (27) para realizar a perícia e iniciar as investigações das causas do ocorrido. No entanto, a suspeita do presidente do TUCJ, Paulo Britto, é de que o incêndio foi criminoso.  ”A gente acredita que o incêndio foi criminoso, porque a porta de um dos cômodos de alvenaria foi arrombada e os atabaques (tambores) foram roubados”, contou.

A zeladora do templo, Mãe Maria de Oxum, contou ao Correio Braziliense que esteve no local durante todo o feriado de Natal, mas que voltou para casa no final da tarde da quarta-feira. Na quinta (26), pela manhã, pediu para a nora ir ao terreiro alimentar os animais que ficam abrigados ali. Chegando no local, a mulher viu o cômodo destruído.

”Ela encontrou tudo ainda quente, nem precisamos acionar os bombeiros. Quando voltou para me contar eu fiquei desesperada e fui correndo para lá. Chorei muito, passei mal, porque a gente luta para construir as coisas e acontece algo assim. O sentimento é de muita tristeza, não tem palavras para expressar tamanha dor”, disse.

O Templo Umbandista Cabocla Jurema é um dos mais antigos do Distrito Federal e completa 50 anos em janeiro de 2020.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum