Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de julho de 2019, 22h59

Torcedora do Inter que agrediu mulher com criança deve ser indiciada pela polícia

Polícia Civil do Rio Grande do Sul analisa imagens onde mãe e filho gremistas são atacados no Beira-Rio

Reprodução

A 20ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre entrou no caso dos torcedores do Internacional que cercaram e ameaçaram uma mãe e um filho após o jogo entre Internacional e Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, no último sábado (20). A torcedora colorada que aparece nas inagens xingando e empurrando a outra mulher será enquadrada no artigo do Estatuto do Torcedor que diz prevê punição para quem “promover tumulto, praticar ou incitar a violência”.

A polícia gaúcha ouviu nesta segunda-feira (22) quatro testemunhas que estavam no estádio do Beira-Rio na hora do ocorrido. “Pelos relatos que tivemos agora, em confrontação com as imagens que nós já visualizamos, podemos indicar que vamos enquadrar ela (torcedora do Inter) no Estatuto do Torcedor e em crime contra honra (calúnia, difamação ou injúria). Existe um indicativo de que ela agiu de forma violenta contra essa torcedora do Grêmio e, além disso, proferiu ofensas de natureza pessoal”, afirmou delegado Miguel Mendes Ribeiro ao GloboEsporte.com.

Segundo o policial, a ideia é que o inquérito seja concluído o mais rápido possível. Depois o caso seguirá para o Ministério Público do Rio Grande do Sul, que decidirá levar, ou não, o caso para o Poder Judiciário.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum