Vítima de homofobia, jovem é espancado por seis homens ao sair de balada no ABC

Roger está internado no Hospital de Clínicas Municipal de São Bernardo, em coma induzido. Seu estado é grave.

Roger Passebom Júnior, de 22 anos, foi brutalmente agredido por seis homens ao sair da balada Fantastic Lounge Club, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Amigos e familiares afirmam que Roger foi vítima de homofobia, em agressão que se deu no último domingo (22).

“Implicaram com o jeito de ele dançar, por ser homossexual”, disse Jennifer Ferreira, prima de Roger. O tio dele, Silvio Brio, falou que os agressores gritavam ofensas homofóbicas enquanto batiam no sobrinho. “É isso que eles falavam: ‘homossexual tem que morrer’”, contou Brito.

Roger e amigos tinham ido à balada para comemorar o aniversário de 22 anos dele. Segundo as testemunhas, eles foram provocados por outros rapazes e começaram a discutir. De acordo com os depoimentos, o segurança da casa retirou da balada os jovens que implicavam com Roger e seus amigos. O grupo expulso, no entanto, os esperou por mais de uma hora do lado de fora. Quando eles saíram, começou uma nova confusão.

Roger está internado no Hospital de Clínicas, de São Bernardo, em coma induzido. Seu estado é grave. Os agressores fugiram e são procurados, quem tiver informações sobre eles pode telefonar para o número 181 do Disque-Denúncia e não é preciso se identificar.

Em nota, a casa noturna onde Roger comemorou o aniversário disse que está à disposição da polícia para ajudar nas investigações e que não pactua com nenhum tipo de agressão nem com atitudes homofóbicas.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR