Ao menos 47 testam positivo para Covid-19 após Natal da Vila, do influenciador Carlinhos Maia

Maioria é de pessoas que trabalharam na festa realizada em Penedo, no interior de Alagoas, no último dia 18. Dois dos contaminados estariam na UTI

Pelo menos 47 pessoas que trabalharam no evento Natal da Vila, organizado pelo influenciador digital Carlinhos Maia em Penedo, no interior de Alagoas, no último domingo (20) testaram positivo para Covid-19, segundo informações do blog do Erlan Bastos, divulgadas nesta sexta-feira (25). Dois dos contaminados estariam na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Leia também: “Crime sanitário”: Padilha diz que Carlinhos Maia pode ser responsabilizado por casos de Covid em ‘Natal da Vila’

Leia também: Carlinhos Maia nega que 47 trabalhadores tenham pego Covid em Natal da Vila e pede “mais amor”

“A coluna apurou também que não foi feita testagem em todos os convidados e que em nenhum momento foi exigido o uso de máscara dos participantes. Há inclusive influenciadores ‘escondendo’ o diagnóstico da COVID-19 após participar do evento”, diz o texto divulgado pelo jornalista no site Observatório dos Famosos.

Em seu site, Carlinhos Maia diz ser o “rei do Instagram com mais de um bilhão impressões, de visualizações e curtidas em uma única postagem”.

Segundo informações do Diário do Nordeste, o “Natal da Vila” reuniu artistas, famosos e anônimos, com shows da banda Calcinha Preta, Rodrigo Teaser, o Cover Michael Jackson, do Dennis DJ, da cantora e ex-BBB 20 Gabi Martins, e do cantor Tierry.

Carlinhos Maia alega que o evento teria seguido todos os protocolo de segurança e teria sido autorizado pela secretaria de Saúde local.

“O natal da vila vai acontecer, justamente para gerar ainda mais visibilidade para o povo da vila. Não teve ano passado. Tudo dentro da lei. Com autorização da sec de saúde, o número permitido de pessoas, bombeiro, polícia!! Testes, e desentoxicador”, tuitou, dois dias antes da festa.

Publicidade
Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR