Bolsonaro compara cloroquina com transfusão com água de coco, que teria sido usada na Segunda Guerra

“As grandes curas foram de tentativas. Como na guerra do Pacífico a questão da transfusão com água de coco. Se não fosse a água de coco, teria morrido muita gente", disse

Enquanto aguardava no aeroporto de Brasília, nesta quarta-feira (5), a chegada de Robson do Nascimento, o ex-motorista do jogador Fernando que estava preso há dois anos na Rússia, o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) voltou a criticar a CPI do Genocídio. Ele se referiu aos membros da Comissão como aqueles que, disse, se arvoram em “pais da ciência” e em “donos da verdade” e, segundo ele, fazem “campanha em cima dos mortos”.

Bolsonaro também voltou a defender o uso da cloroquina e o tratamento precoce contra a Covid, que têm sido muito criticado na CPI, de acordo com informações do repórter Fábio Grellet, no Estadão. As declarações do presidente vieram depois de depoimentos dos ex-ministros Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, ambos contrários ao medicamento.

“Eu tomei hidroxocloroquina, no dia seguinte estava bom. David Uip (ex-coordenador do grupo de combate ao coronavírus do governo de São Paulo) tomou. Espero que seja convocado pela CPI”, declarou. “Aqueles que estão se arvorando agora como pais da ciência na CPI, alguns poucos ali, donos da verdade, eu acredito na maioria deles, que farão a coisa certa, deviam ter procurado lá atrás. Onde nós erramos? O que poderia ter feito de melhor? Ficam atrás de holofote da imprensa para poder aparecer, fazendo uma campanha em cima de mortos. Isso é inadmissível”.

O presidente falou também sobre um suposto episódio ocorrido na Segunda Guerra Mundial. “Temos que buscar alternativas. As grandes curas foram de tentativas. Como na guerra do Pacífico a questão da transfusão com água de coco. Se não fosse a água de coco, teria morrido muita gente”.

Há relatos anedóticos de água de coco sendo usada como alternativa a plasma ou soro fisiológico durante a Segunda Guerra Mundial, tanto por ingleses quanto por japoneses, mas ninguém jamais escreveu a respeito.

Água de coco, de acordo com especialistas, não é o substituto ideal para plasma, mas em uma situação de emergência pode ser usada sem grandes danos, se o paciente não sofrer de hipercalemia (excesso de Potássio no sangue) e outras condições.

Com informações do Estadão

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.