O que o brasileiro pensa?
30 de junho de 2020, 08h38

Com excesso de cloroquina, faltam 21 remédios para pacientes com Covid-19 em UTIs do Brasil

Medicamentos são utilizados para sedar e entubar pacientes com sintomas graves da doença

Caixa de sulfato de hidroxicloroquina (foto: Twitter)

Secretários municipais e estaduais apresentaram ao Ministério da Saúde uma lista de 21 medicamentos contra o coronavírus que estão em falta no sistema público de saúde. Os remédios são utilizados para sedar e entubar os pacientes mais graves com a doença nas UTIs.

Em resposta, o Ministério da Saúde afirmou nesta segunda-feira (29) que fechou um acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para importar parte dos medicamentos. O governo, no entanto, ainda não tem como garantir que vai suprir toda a demanda de remédios durante a pandemia.

Um dos únicos medicamentos utilizados contra a doença que não está na lista é a cloroquina. Desde o início da pandemia, o governo Bolsonaro tem insistido no uso precoce do remédio para tratamento da Covid-19.

O Exército aumentou em 80 vezes a produção da cloroquina durante a pandemia e, mais recentemente, o Ministério da Saúde ampliou o uso do medicamento para grávidas e crianças com a doença. Ao todo, de acordo com o El País, 4.374.000 de comprimidos de cloroquina já foram distribuídos em todo o país durante a pandemia.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum