Coronavírus: JBS e BRF viram epicentro de contaminação da região mais afetada de SC

As duas multinacionais empregam, juntas, cerca de 6.500 habitantes do catarinense. A região tem aproximadamente 150 mil habitantes divididos em 14 municípios

De acordo com o MP-SC (Ministério Público) e o MPT (Ministério Público do Trabalho), um frigorífico da BRF e outro da JBS têm relação direta com até metade dos casos de coronavírus em algumas das cidades mais afetados pela pandemia na região do Alto Uruguai, no Oeste estado de Santa Catarina.

As duas multinacionais empregam, juntas, cerca de 6.500 habitantes do catarinense. A região tem aproximadamente 150 mil habitantes divididos em 14 municípios.

Seis dos 14 municípios do Alto Uruguai integram a lista das dez cidades de Santa Catarina com maior incidência de covid-19, segundo a plataforma colaborativa Brasil.IO.: Lindóia do Sul (2º), Concórdia (3ª), Ipumirim (5º), Peritiba (6º), Presidente Castello Branco (8º) e Irani (9º).

“Encontraram erros grotescos, absurdos na unidade frigorífica da JBS, por exemplo”, afirmou o procurador do Trabalho Anderson Luiz Corrêa da Silva, que monitora a situação da fábrica.

“A explosão de casos de coronavírus na região tem a ver com essas falhas já que a JBS, por exemplo, emprega trabalhadores de vários municípios”, acrescentou o membro do MPT.

BRF e JBS informaram que tomam todas as precauções necessárias para evitar a transmissão do coronavírus em suas unidades.

Veja a reportagem na íntegra no UOL

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR