sábado, 24 out 2020
Publicidade

Datafolha: Em SP, 34% afirmam ter medo de sair para votar em meio à pandemia

A maior taxa está entre os que recebem até dois salários mínimos. Eleições de novembro devem registrar índices altos de abstenção

Pesquisa do instituto Datafolha divulgada neste sábado (26) aponta que 1 em cada 5 moradores da cidade de São Paulo deve deixar de votar nas eleições municipais deste ano por medo do coronavírus. Segundo o instituto, 34% afirmam que não se sentiriam seguros em sair de casa no 15 de novembro, data do primeiro turno.

Entre os eleitores consultados pela pesquisa, apenas 24% dizem se sentir muito seguros e 42% indicam ter pouca segurança. Os mais ricos são os que apresentam o menor índice de temor: 12% dos que têm renda familiar mensal de mais de dez salários mínimos disseram cogitar não ir às eleições. A maior taxa de possibilidade de abstenção está entre os que recebem até dois salários mínimos (24%).

Além do recorte de classe, há também o de idade. Pessoas de 25 a 34 anos foram as que mais confirmaram a possibilidade de não ir à votação (27%), seguido pelos de 35 a 44 anos (26%). Aqueles com mais de 60 anos, dentro do grupo de risco, são 17%.

São Paulo foi um dos epicentros do coronavírus no Brasil. ​Até esta sexta-feira (25), a capital estava com 12.540 mortes causadas pela doença, segundo boletim da Secretaria Municipal de Saúde. Mais de 328 mil casos foram registrados na cidade desde fevereiro.

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.