Em Israel, Ernesto Araújo é repreendido em público por falta de máscara contra Covid-19

Advertência ocorreu no momento em que o ministro foi convidado a posar para foto ao lado do chanceler israelense; assista ao vídeo

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, foi advertido em público neste domingo (7) durante cerimônia de boas-vindas em Israel. Ele integra a comitiva do governo Bolsonaro no país para negociações em torno de tecnologias contra a Covid-19.

No momento em que o ministro foi convidado a posar para uma foto ao lado do chanceler israelense Gabi Ashkenazi, o locutor do evento pediu para que o ministro brasileiro colocasse a máscara contra a Covid-19.

“Nós precisamos fazer isso com máscara”, disse o locutor. “Oh, yeah”, respondeu Araújo, que já se aproximava do chanceler de Israel sem o equipamento de proteção.

Ernesto Araújo já minimizou diversas vezes a pandemia do coronavírus, além de defender o uso de medicamentos sem comprovação científica para “tratamento precoce” da doença.

Entre os assuntos a serem tratados na viagem à Israel, está o spray nasal EXO-CD24, medicamento que começou a ser testado no tratamento contra a Covid-19, mas que ainda não possui comprovação científica.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR