O que o brasileiro pensa?
07 de julho de 2020, 07h03

Mortes em casa aumentam 53% em quatro capitais durante a pandemia do coronavírus

Entre 15 de março e 13 de junho, cartórios registraram 9.773 mortes de pessoas em casa em São Paulo, Rio, Manaus e Fortaleza. Porcentagem supera a das consideradas mortes naturais

Cemitério Público Nossa Senhora Aparecida, em Manaus - Foto: Alex Pazuello/Semcom Manaus/Fotos Públicas

Estudo realizado pelo epidemiologista Jesem Orellana, da Fiocruz Amazônia, a pedido da Folha de S.Paulo, revela que São Paulo, Rio, Manaus e Fortaleza registraram um aumento de 53% no número de pessoas que morreram em casa entre 15 de março e 13 de junho, durante a pandemia do coronavírus.

Baseado em dados da Central de Informações do Registro Civil (CRC Nacional), coletados pelos cartórios, o levantamento mostra que 9.773 pessoas morreram em casa nas capitais no período – no ano passado foram 6.378 mortes no mesmo recorte de tempo.

O porcentual, de 53%, supera o aumento de todas as mortes por causas naturais no período, de 44%.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum

#tags