Fórum Educação
01 de abril de 2020, 15h20

MP de Bolsonaro autoriza escolas a reduzir número de dias letivos

A obrigação é de 200 dias letivos, mas agora se restringe ao cumprimento de carga horária mínima

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quarta-feira (1º) medida provisória que permite o não cumprimento dos 200 dias letivos obrigatórios por escolas e universidades.

A MP 934/2020 segue as orientações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), de acordo com a qual é possível flexibilizar a determinação em caso de calamidade pública, como decretado diante da pandemia de Covid-19.

A medida, contudo, prevê obrigatoriedade do cumprimento de, no mínimo, 800 horas aula no ano para as escolas de educação básica (ensino fundamental e médio). Para cumpri-las, as instituições podem oferecer mais horas de aula por dia do que o programado.

Quanto à educação superior, as universidades poderão reduzir a duração dos cursos de Medicina, Farmácia, Enfermagem e Fisioterapia, contanto que os estudantes cumpram ao menos 75% da carga horário do internato ou estágio obrigatório.

As aulas estão suspensas em instituições públicas e privadas de todos os estados para conter a disseminação do coronavírus. Em 11 estados (Alagoas, Distrito Federal, Minas Gerais, Mato Grosso, Piauí, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Paraíba e Tocantins), as férias escolares foram adiantadas para facilitar a adequação do cronograma. Em outros oito, a paralisação está sendo compensada com atividades remotas (Amazonas, Mato Grosso do Sul, Goiás, Ceará, Espírito Santo, Bahia, Pernambuco e Rio de Janeiro). Os dados, divulgados pela revista Valor Econômico, são do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum