Fórum Educação
09 de abril de 2020, 09h18

Obsessivo, Bolsonaro agradece à Índia por “carregamento” de insumos para cloroquina

Tuíte foi publicado depois que Bolsonaro voltou a defender o uso do medicamento em seu quinto pronunciamento em cadeia de rádio e TV desde o início da pandemia

Foto: Carolina Antunes/PR

Em seu discurso único e obsessivo contra a pandemia do coronavírus, Jair Bolsonaro foi ao tuíte logo pela manhã desta quinta-feira (9) para agradecer ao primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, pelo envio de insumos para produção da hidroxicloroquina.

“Nossos agradecimentos ao primeiro-ministro da Índia @narendramodi, que, após nossa conversa por telefone, liberou o envio ao Brasil de um carregamento de insumos para produção de hidroxicloroquina”, tuitou Bolsonaro, ressaltando que foi “um gesto honroso que poderá ajudar a salvar a vida de muitos brasileiros, e do qual jamais esqueceremos”.

Nesta quarta-feira (3), Bolsonaro voltou a defender o uso do medicamento em seu quinto pronunciamento em cadeia de rádio e TV desde o início da pandemia. A substância, entretanto, ainda não teve sua eficácia totalmente comprovada e ainda está em fase de estudos.

Assim como fez no último pronunciamento, Bolsonaro voltou a citar de forma descontextualizada a fala do diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, para justificar sua defesa do fim do isolamento.

“Os mais humildes não podem deixar de se locomover. As consequências do isolamento não podem ser maiores que as do vírus”, afirmou, sem citar que a OMS recomenda que os governos auxiliem as pessoas que não podem trabalhar para que possam fazer a quarentena.

Além de criticar o isolamento e defender o uso da cloroquina, Bolsonaro falou sobre o auxílio emergencial de R$ 600 aprovado pelo Congresso para trabalhadores informais como se fosse um trunfo de seu governo. A verdade, no entanto, é que o ministro da Economia, Paulo Guedes, pretendia destinar apenas R$ 200 como renda emergencial. O valor aprovado foi pleiteado pela oposição.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum