Pesquisador da UFRGS alerta para onda gigantesca de Covid no RS

Em mensagem publicada no Twitter, Alexandre Zavascki destacou o aumento brutal de hospitalizações

O médico infectologista Em mensagem publicada no Twitter, Alexandre Zavascki destacou o aumento brutal de hospitalizações, professor da UFRGS, divulgou um gráfico assustador nesta quarta-feira (3) sobre as hospitalizações no Rio Grande do Sul. O nível de internações semanais entre fevereiro e março é quase o quádruplo do registrado em 2020.

“Vão conseguir finalmente achatar a curva da 1a e da 2a onda, com uma 3a gigantesca. Em breve tudo o que passamos até aqui será apenas uma linha reta. Parabéns aos negadores da ciência. Parabéns aos negadores da realidade”, tuitou o pesquisador, em tom de desabafo.

Em mensagem publicada no domingo (28), Zavascki destacou que “os sinais eram claros” dias antes do colapso. “Por que nossa opção foi não agir?”, questionou na mesma rede social.

O estado chegou a 100% de ocupação de leitos e tem convivido com um forte avanço da pandemia. O número de vítimas fatais tem batido recordes.

Todas as regiões do estado estão sob bandeira preta, o nível mais grave da pandemia, com diversas restrições de circulação. O governador Eduardo Leite (PSDB) disse que ainda pode decretar um lockdown.

O Gabinete de Crise da secretaria estadual de Saúde determinou que todos os hospitais do Estado devem trabalhar em suas capacidades máximas, com ocupações acima de 100%, suspender cirurgias eletivas, convocar profissionais e usar todos os espaços disponíveis para atender casos de coronavírus.

Confira o gráfico

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e latino-americanista convicto, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum América Latina