Fórum Educação
23 de março de 2020, 19h07

Pressionado, Bolsonaro atende governadores do Nordeste e libera recursos para enfrentamento ao coronavírus

Governo Federal vai repassar R$ 8 bi para a região e vai perdoar a dívida pública dos estados

Reprodução/Twitter

Em reunião realizada por videoconferência na tarde desta segunda-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro anunciou um plano de R$ 85,8 bilhões para fortalecer estados e municípios das regiões Norte e Nordeste em meio à pandemia do novo coronavírus.

Entre as medidas anunciadas pelo presidente está a transferência de R$ 8 bilhões para as secretarias de saúde e a suspensão da dívida pública dos estados com a União.

A decisão de Bolsonaro veio após os governadores da região Nordeste cobrarem uma reunião com o presidente para tratar de investimentos na saúde e da descentralização de recursos.

“Foi anunciado pelo Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta o atendimento ao nosso pleito de mais recursos para enfrentamento ao novo coronavírus”, disse a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, ao comentar sobre o plano em vídeo publicado nas redes

“A medida atenderá também outros pleitos como a aceleração na distribuição de EPIs, aumento no número de leitos e envio dos testes, respiradores e ventiladores aos Estados e municípios, dentro da lógica dos Planos de Contingência”, detalhou.

A governadora ainda defendeu o isolamento social e reforçou a “necessidade de políticas de suporte à população de baixa renda, sobretudo para aqueles trabalham por conta própria e também para pequenos empreendimentos”. “É preciso avançar em políticas para esse segmento e ampliar os recursos para a assistência social”, completou.

O governador da Bahia, Rui Costa – que preside o Consórcio Nordeste – destacou a importância da articulação do Governo Federal com os estados. “Finalmente interlocução para que todos juntos enfrentem este grave momento. O Brasil precisa de união. Mais do que nunca devemos esquecer diferenças políticas e cuidar das pessoas”, publicou em suas redes.

Ao comentar sobre a conversa, Bolsonaro elogiou os governadores e falou em “compreensão e entendimento”. A atitude representa uma mudança de postura com relação aos governos estaduais, até então atacados pelo ex-capitão.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum