Fórum Educação
06 de abril de 2020, 16h48

Boris Johnson, primeiro ministro do Reino Unido, vai pra UTI

Como Bolsonaro, ele desprezou o coronavírus e saiu para conversar e cumprimentar os eleitores

Foto: Andrew Parsons/Nº 10 Downing Street

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, teve uma piora em seu quadro da Covid-19 e teve que ser transferido para Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na tarde desta segunda-feira (6).

“O primeiro-ministro pediu ao secretário de Relações Exteriores Dominic Raab, que é o primeiro secretário de Estado, que o substitua sempre que necessário. O primeiro-ministro está recebendo excelente atendimento e agradece a todos os funcionários do NHS por seu trabalho e dedicação”, diz comunicado enviado pelo gabinete de Johnson.

Segundo a nota, ele está consciente e não faz uso de respirador artificial. O conservador estava em isolamento domiciliar desde o dia 27 de março, quando detectou que estava com a doença.

Assim como o presidente Jair Bolsonaro, o premiê britânico minimizou os impactos da pandemia e chegou a desrespeitar orientações do Ministério da Saúde ao cumprimentar apoiadores.

Ele foi um dos primeiros adeptos da teoria do “isolamento vertical”, estratégia defendida por Jair Bolsonaro, em que apenas grupos de risco e idosos são protegidos da contaminação do Coronavírus.

A recomendação inicial no Reino Unido era que apenas idosos com mais de 70 anos ficassem em casa por quatro meses. Johnson optou por fazer um fechamento gradual do comércio, mas após divulgação de estudo que previa 250 mil mortes resolveu abandonar a estratégia.

Mais informações em instantes

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum