Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de janeiro de 2020, 11h16

Apoiador de Bolsonaro, Carlos Vereza é traído com fim da TV Escola

Ator afirmou, no final do ano, que se a TV Escola terminasse não manteria seu apoio a Bolsonaro

Foto: Reprodução TV Globo

O ator e diretor Carlos Vereza, apoiador de Jair Bolsonaro, saiu desolado de uma reunião com o ministro da Educação Abraham Weintraub, nesta sexta-feira (10), em Brasília. O ministro lhe disse pessoalmente que o Ministério da Educação (MEC) não renovará mesmo o contrato com a Associação de Comunicação Roquette Pinto, a Acerp, responsável pela gestão da TV Escola desde a fundação em 1996.

O ator afirmou, às vésperas do Natal, que se Bolsonaro “terminar com a TV Escola, não tenho como manter meu apoio”. Vereza apresenta o programa “Plano Sequência”, da emissora, que havia sido lançado em evento na semana anterior. A atração apresenta um panorama sobre a história do cinema brasileiro.

De acordo com a coluna de Sonia Racy, Vereza foi convidado pelo próprio Weintraub para participar da reunião. “Fiz questão de pagar meu voo e meu hotel. Fiz de tudo para convencê-lo, mas só ouvi argumentos burocráticos para acabar com uma TV de baixo custo”, disse.

O ator, que mudou pra São Paulo por conta do programa, disse ainda: “Foi dito que o sinal (da TV) seria mantido pelo menos até acabar meu programa. Falta exibir 21 entrevistas. Mas eu, sinceramente, não sei mais”, completou.

Vereza afirmou que o ministro “foi muito gentil” na reunião, mas disse estar “entristecido” com o presidente Bolsonaro pois, segundo ele, seu governo “não tem investimento nenhum em Cultura”. Votaria nele de novo? “Eu teria que pensar muito. Muito!”.

Bolsonaro defende o cancelamento de contrato do MEC com a emissora. Para ele, os programas transmitidos eram todos de esquerda e seguiam pensamento do educador Paulo Freire.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum