Fórumcast, o podcast da Fórum
12 de abril de 2019, 13h12

Craca lança “Brazuka Noir”, primeiro single do álbum “Traquitana Audiovisual”

A faixa do multiartista teve lançamento simultâneo no YouTube, com videoclipe filmado em plano sequência em um galpão completamente "videomapeado"

Craca. Foto: Divulgação

“Brazuka Noir” é a primeira faixa que o produtor musical e artista visual Craca apresenta do seu primeiro disco solo: Traquitana Audiovisual. A faixa instrumental eletrônica foi lançada, na última quinta-feira (11), em single nas plataformas digitais e em videoclipe.

A faixa, que teve lançamento simultâneo no YouTube do videoclipe, não só antecipa a sonoridade do álbum, como também apresenta a expressiva performance visual de Craca.

Filmado em plano sequência, em um galpão completamente “videomapeado”, o vídeo mostra a atuação do artista “tocando música e imagens” com suas traquitanas audiovisuais, em tempo real, além do controle e sincronização do seu próprio figurino luminescente.

O artista pretende fazer a performance audiovisual nas apresentações do lançamento deste disco.

Craca 

Craca é o pseudônimo (ou alter-ego sci-fi-trash) de Felipe Julián, músico, DJ, produtor musical e artista visual. A nomenclatura surgiu do desejo de unir suas carreiras paralelas, a musical e a visual, onde atua com frequência realizando instalações artísticas no Brasil e exterior. O videomapping tornou-se a sua principal ferramenta para esta fusão nos palcos.

O artista é conhecido pela dupla Craca e Dani Nega, com a qual tem dois álbuns lançados (“Dispositivo Tralha” em 2016, ganhador do PMB, e “O Desmanche” em 2018) e circula pelo país tocando em palcos de grandes festivais com participações de Bnegão, Gog, Ilú Obá, Luedji Luna, Roberta Estrela D’Alva, Lurdez da Luz dentre outros.

Craca foi premiado com o Troféu Catavento, em 2016, pelo conjunto de sua obra na categoria “Música experimental”.

O disco Traquitana Audiovisual tem previsão de lançamento para 26 de abril.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum