Premiado romance “Torto Arado” ganha leitura e debate do Instituto Estação das Letras

A nova edição de Extremos, com a psicanalista Hena Lemgruber e o escritor José Castello, se revezarão na leitura em voz alta, linha a linha, que prevê interrupções para comentários, considerações, dúvidas, interrogações, meditações

De maio a julho, o Instituto Estação das Letras será espaço para debate sobre o premiado romance Torto Arado, do baiano Itamar Vieira Junior, dentro da nova edição do “Extremos/ Círculo de leituras de ficções radicais”. O projeto é desenvolvido há mais de uma década pela psicanalista Hena Lemgruber e pelo escritor José Castello.

Para os organizadores do Extremos, “Torto Arado” traz a realidade brasileira, em particular a nordestina, de volta ao centro da ficção.  Duas vozes femininas – das irmãs Bibiana e Belonísia – guiam o leitor em uma viagem pelo campo brasileiro, terreno ainda hoje dominado pela violência, fome, seca, desigualdade e pelo preconceito. Tragédia que vem desde muito longe, e que parece interminável.

O livro retoma o “lastro perdido aberto pelos grandes realistas do século 20, como Graciliano Ramos, Zé Lins do Rego, Jorge Amado e Raquel de Queiroz”, analisam.

“Extremos” promove encontros semanais on-line de a partir de 05/05, às quartas-feiras, das 19h às 21h, em que Hena e Castello se revezarão na leitura em voz alta, linha a linha, da primeira à última página. Esta leitura prevê interrupções para comentários, considerações, dúvidas, interrogações, meditações, tornando o debate tão importante quanto a leitura.

O objetivo da programação é que participantes de formações diversas troquem entre si variedade de pontos de vistas e dessa multiplicidade de leituras a experiência seja enriquecida. 

Inscrições e informações em iel@estacaodasletras.com.br.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.