Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
18 de fevereiro de 2019, 11h58

Roberto Carlos aparece em coletiva de rosa, mas defende porte de armas

“Estou vestindo rosa porque me garanto muito como homem", disse

Foto: Reprodução

O cantor e compositor Roberto Carlos, 77 anos, surpreendeu a todos ao aparecer na coletiva de imprensa de seu cruzeiro Emoções em Alto Mar, na tarde deste domingo (17), no Rio de Janeiro, com uma camisa rosa.

O cantor comentou sobre a cor da camisa usada no evento, que aconteceu no Rio. “Estou tentando fugir um pouco do azul porque já estava enjoando, e estou vestindo rosa porque me garanto muito como homem”, disse em alusão à polêmica envolvendo a ministra Damares Alves.

Questionado a respeito da sua opinião sobre a flexibilização do porte de armas, no entanto, ele disse que provavelmente decepcionaria algumas pessoas.

“Vivemos uma guerra com um lado armado e outro desarmado que é o nosso. Mas para se ter uma arma é preciso critérios muito rígidos.”

A questão foi levantada devido ao decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro em janeiro que facilita a posse de armas no Brasil.

Roberto Carlos contou que seu pai tinha uma arma em casa e essa era a forma dele de proteger a família. O objeto ficava trancado em uma gaveta.

Com informações do F5


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum