O que o brasileiro pensa?
09 de fevereiro de 2020, 14h03

Se depender de Moro, lixo infantil dos anos 80 e 90 volta às TVs

Moro quer "flexibilizar" a regulamentação da publicidade infantil

Foto: Montagem/Reprodução

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, se queixou, através da sua conta do Twitter, neste domingo (9), que “quase não existem mais programas infantis nas TVs abertas, salvo honrosas exceções”.

O ministro avisa que a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão ligado ao seu ministério, “está lançando consulta pública sobre novas regras para publicidade em programas infantis na TV e na internet”.

A baixa qualidade dos programas infantis nas décadas de 80 e 90, com excesso de publicidade e apelo ao consumo voltado às crianças, fez com que a fiscalização se tornasse mais rigorosa. Por conta disto, minguaram os patrocínios e vários programas, como os da Xuxa, Mara Maravilha, Eliana entre outros, acabaram.

Diante da grita dos publicitários e empresários voltados para o setor, o recado de Moro foi dado no seu Twitter: “Proteger é preciso, mas sem inviabilizar”.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum