Fórum Educação
23 de fevereiro de 2020, 11h11

Zeca Pagodinho: “Tá tudo muito ruim, cara. Só tá deixando a gente triste”

Aos 61 anos, o sambista diz que pretende diminuir o ritmo para "viver a minha vida

Zeca Pagodinho (Reprodução/Facebook)

Em entrevista em uma área reservada do Camarote do Bar Brahma no Anhembi na madrugada deste domingo (23), Zeca Pagodinho se mostrou desgostoso com o Brasil de Jair Bolsonaro e o patrulhamento sobre o Carnaval.

“Tá tudo muito ruim, cara. Só tá deixando a gente triste. As crianças sem escola, sem hospital. Não tem nada. Aí vem agora uma meia dúzia de bobão falando do Cacique de Ramos [o bloco carioca foi criticado em redes sociais por usar fantasias de indígenas]. Tô desanimado”, disse a Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

Aos 61 anos, o sambista diz que pretende diminuir o ritmo para “viver a minha vida, o meu neto”.

“Estou trabalhando há 35 anos. Não dá pra ficar pra ficar fazendo cinco, seis shows por mês. Aí todo mundo [vai] gastando o meu dinheiro e eu mesmo… Né? Eu mesmo não gasto isso tudo. Ué, não vou a lugar nenhum. Qual é o meu luxo? Tomar um vinho e uma cerveja. A cerveja, a Brahma me dá”, disse Zeca.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum